Dicas

Entenda por que a aviação é o futuro do transporte no Brasil

futuro_do_transporte_no_Brasil

Nos próximos 20 anos, é estimado que o mercado de aviação doméstica no país ultrapasse os 207 milhões de passageiros, quase o valor total da nossa população. São centenas de pilotos comerciais formados a cada ano no Brasil.

Somente no ano de 2019, já foram mais de 84 milhões de brasileiros que realizaram algum voo doméstico. Os cálculos são da multinacional Airbus, que opera em nosso território.

futuro_do_transporte_no_Brasil

Com a desburocratização do governo brasileiro em vários setores e entradas de companhias low coast, irá influenciar mais pessoas que desejam viajar de avião pela primeira vez. Não apenas aqui, mas outros países da América Latina também irão crescer a porcentagem da população que passará de baixa para classe média.

Por esses e outros motivos, entenda por que a aviação é o futuro do transporte no Brasil. 

Mais de 16 cidades brasileiras irão passar a ter voos semanais

O trafego aéreo vem se mostrando resiliente ao longo das últimas décadas. Mesmo com crises econômicas, a qualidade e agilidade do serviço continua a prevalecer em comparação a outros serviços de transporte terrestres.

A média é brasileira é relativamente boa para um país em desenvolvimento como o nosso: 0,45 viagens aéreas por cada habitante durante o ano. Essa porcentagem é a segunda maior e ganha ao restante da América Latina, com exceção do país mais desenvolvido do nosso continente, o Chile. Por lá a média que é já é de 0,89 deverá alcançar a 2,26 nas próximas duas décadas.

Cidades como o Rio de Janeiro, irão precisar de aumento de trabalhadores em postos aéreos, tanto no Aeroporto de Galeão como o Santos Dumont. Ao lado de Cancún, será a cidade mais buscada da América Latina.

Atualmente na América Latina, algumas cidades já se encaixam em mais de 20 mil voos anuais de longa distância. Além de São Paulo, temos Buenos Aires, Santiago, Lima, Bogotá e Cidade do México que já se encaixam nesses parâmetros. São Paulo por ser a potência latina anda a frente, com a tendência de passar de 20 a 50 mil voos anuais até 2038.

Falando em São Paulo, mais 16 cidades paulistas deverão ter voos semanais domésticos. Viracopos em Campinas, já deixou de ser destino apenas nacional. O Aeroporto já opera inclusive para quem deseja ir até a Europa em destinos como Portugal e Espanha.

A fabricante brasileira: Entenda

A Embraer recentemente foi comprada pela americana Boeing através do programa C-Series. Isso permitirá a renegociação de preços para a fabricante, visto a competitividade do mercado aéreo inclusive em um país subdesenvolvido como o nosso.

Nos últimos anos a Boeing vem enfrentando dificuldades para atuar e entregar modelos tão capacitados como o modelo 737 Max. Mesmo com quedas e voos suspensos, isso não deverá ser barreira para esta potência continuar atuando no Brasil.

Quais as companhias aéreas brasileiras para ficar de olho

Já são muitas que operam no Brasil, mas as que mais oferecem destinos inclusive internacionais são a TAM, Gol, Azul e Avianca. Cada uma prepara um detalhe diferente no seu atendimento e tendem a crescer com a expansão aérea para os próximos anos.

GOL: Opera desde 2001, sendo pioneira no serviço de check-in em aeroportos brasileiros. Tem um site totalmente preparado para atender pessoas com algum tipo de deficiência. Atualmente operando inclusive para destinos internacionais como Buenos Aires e Lima, tende a aumentar seus serviços com o mercado aéreo em alta nas próximas décadas.

TAM: A Latam Linhas Aéreas, é uma empresa brasileira em função com outra companhia aérea do Chile. É responsável por transportar a maior parte das pessoas que saem de destinos como São Paulo, Florianópolis e Porto Alegre a Santiago.

Na sua frota conta com modelos Boeing 777, Airbus 330 e a A320. Já são mais de 1.400 voos diários, com previsão de aumento para 2.000 até 2023.

AZUL: A Azul começou suas operações no país em 2008, atualmente já oferecendo voos para mais de 100 destinos. É uma das companhias aéreas mais acessíveis, atuando em praticamente todo o território nacional.

A sua frota é composta por aviões da Embraer 195 e 190 além da Airbus A320. São aeronaves espaçosas. É uma das companhias mais desejadas para quem deseja voar até o Uruguai e Buenos Aires. Pretende se especializar também para destinos nos Estados Unidos, muito buscado pelos brasileiros.

AVIANCA: Opera regularmente desde 2002, a empresa vem reformulando os seus serviços, como a praticidade para realizar o check-in. Sendo assim, é possível fazer desde o telefone como nos modos mais tradicionais.

Irá investir cada vez mais nos programas de milhas, vista a condição facilitada para pessoas de renda menor conseguirem viajar de avião.

O futuro do transporte no Brasil é aéreo, transportando milhões de pessoas cada vez mais rápido. E com a guinada econômica positiva, ainda mais aviações tendem a surgir nos próximos anos em nosso território.

About the author

hotspot

Add Comment

Click here to post a comment