Dicas Saúde

Os 8 benefícios de ir à terapia psicológica

terapia_psicologica

Para muitas pessoas, ir ao psicólogo é sinônimo de ser uma pessoa fraca, mas, na realidade, ir à terapia psicológica pode torná-lo uma pessoa mais forte emocionalmente e fornecer ferramentas para se adaptar melhor a situações difíceis que podem surgir a longo prazo. da sua vida.

terapia_psicologica

Quando ir a um psicólogo?

Portanto, ir à terapia é um ato de inteligência e bravura, pois em muitas ocasiões a pessoa que precisa de ajuda não está ciente de que tem o problema ou evita encarar a realidade. Muitas pessoas ainda não sabem quando devem pensar em procurar um psicólogo, principalmente devido a crenças falsas sobre o que é a psicoterapia e para quem ela é direcionada. 

Nesse sentido, recomendamos que você leia este artigo:

Um psicoterapeuta é um profissional de saúde mental especializado nas áreas cognitiva (pensamento), afetiva (emoções) e comportamental (comportamento), e que pode ajudá-lo a se capacitar diante das circunstâncias dia a dia e para melhorar sua qualidade de vida.

Confira agora: Vantagens de fazer uma Terapia Online

Portanto, abaixo, apresentamos os benefícios da terapia psicológica.

1. Ajuda você a se sentir melhor

Ao confrontar com um psicoterapeuta os problemas que lhe causam dor ou desconforto e ser capaz de falar com confiança e liberdade sobre si mesmo com alguém que não o julga sobre seus sentimentos e suas experiências reprimidas, você deixa expressar seus pensamentos e sentimentos ocultos, o que o que é benéfico para o bem-estar.

Quando você expressa como se sente e libera sua carga emocional, sente-se aliviado. Isso é conhecido como catarse, uma palavra grega que se refere à purificação e é usada na psicologia para explicar o processo de liberação de emoções negativas.


2. Ele ensina ferramentas para gerenciar conflitos

Os conflitos são normais na vida das pessoas e, em muitos casos, são necessários para o crescimento pessoal ou a convivência com outros indivíduos. As sessões de psicoterapia ensinam novas maneiras (mais adaptáveis) de resolver problemas.

Além disso, ele pode ajudá-lo a perceber conflitos de maneira diferente, para que eles o afetem menos e você possa relativizar a importância de situações tensas. Dessa forma, sua maneira de se adaptar às novas circunstâncias da vida cotidiana será muito melhor e, em geral, você terá menos dificuldades em seus relacionamentos pessoais ou mesmo na esfera profissional.

3. Ajuda a mudar crenças limitantes

Com nossas crenças e valores, damos significado e coerência ao nosso modelo mundial. A mesma situação pode ser vivenciada diferentemente por cada pessoa. As crenças nos ajudam, em suma, a simplificar o mundo ao nosso redor, e são interpretações da realidade e fatos não verificados.

Algumas crenças são pouco adaptativas ou limitativas e é necessário corrigi-las, uma vez que não são inatas, nós as adquirimos ao longo da vida. Portanto, o psicólogo pode ajudá-lo a identificar, analisar, testar e modificá-los.

4. Ajuda a viver em harmonia consigo mesmo e com os outros

A introspecção realizada ao participar da terapia permite que você se conheça melhor e supere, por exemplo, uma crise existencial. Além disso, a psicoterapia é eficaz para problemas no trabalho (desgaste, estresse, etc.) ou problemas de relacionamento.

Portanto, a terapia psicológica pode ajudá-lo a resolver esses tipos de problemas, e é benéfico se encontrar e se relacionar com os outros de maneira mais eficaz. Isso afetará positivamente sua saúde mental e permitirá que você encontre paz e bem-estar interior.

5. Confidencialidade das sessões

O relacionamento com o psicólogo é confidencial e estritamente profissional. Conforme expresso no código ético e deontológico do Colégio Oficial de Psicólogos, o profissional de psicologia deve garantir o sigilo e a confidencialidade de tudo o que é referido por quem o consultar.

Portanto, tudo o que você disser em uma sessão terapêutica será um segredo entre você e seu terapeuta. Isso permite uma estrutura relacional na qual medos muito íntimos podem ser abordados.

6. Relação de confiança e empatia

Além do conhecimento e do profissionalismo que o psicólogo deve demonstrar, o ambiente de confiança criado entre os dois permitirá expressar os problemas e sentimentos que considera mais delicados (e que você provavelmente não contaria a mais ninguém).

O psicólogo não irá julgá-lo e, além disso, ele possui o treinamento necessário para criar um bom ambiente de confiança e empatia, para que você possa se expressar sem medo.

7. Conselho profissional

O psicoterapeuta é especialista em terapia psicológica e possui amplo conhecimento do comportamento humano, tendo estudado psicologia em uma universidade regulamentada. Para começar a trabalhar como psicoterapeuta, é muito possível que você tenha concluído uma pós-graduação universitária em alguma especialidade (por exemplo, sexologia, terapia de casais ou psicologia clínica) e certamente adquiriu a experiência necessária para poder contribuir com todo o seu conhecimento para o seu benefício.

A terapia psicológica não está contando os problemas para um amigo ou membro da família, porque há uma base sólida (teórica e prática) apoiada pela ciência.

8. Capacita você em face da vida

Um dos objetivos da psicoterapia é que o relacionamento entre o terapeuta e o paciente não seja de dependência. Portanto, o psicólogo ajuda você a se possuir e a adquirir novas habilidades que serão úteis para você diariamente.

Participar da terapia psicológica não está esperando o psicólogo resolver seus problemas, mas sim aprender a aceitar e amar o que é e colocar a vontade necessária para mudar o que nos causa desconforto ou nos impede de crescer.

About the author

hotspot

Add Comment

Click here to post a comment